<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15754125\x26blogName\x3ddaquilo+que+vibra\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://doverbovibrar.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://doverbovibrar.blogspot.com/\x26vt\x3d2615184620448930177', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

daquilo que vibra

poesia, opinião e devaneios; ou tudo isso junto e temperado

domingo, agosto 13, 2006

Lista de Vantagens do Parto Humanizado

LISTA DE VATANGENS DO PARTO HUMANIZADO - Dr. Ricardo Jones (obstetra, ginecologista e homeopata)
1.. Proporcionar ao seu filho a verdadeira experiência do nascer;
2.. Ter você a verdadeira experiência de dar à luz;
3.. Poder participar do nascimento do filho;
4.. Interação mãe-bebê imediata;
5.. Não TER cicatriz nem no corpo, nem no espírito;
6.. Possibilidade de dores abdominais por aderências, infinitamente menor do que em uma cesariana.
7.. Risco de hemorragias e infecções reduzido;
8.. Recuperação pós-parto praticamente imediata;
9.. BEBÊ recebe um aviso biológico de que sua hora de nascer está chegando e, portanto, prepara-se melhor para esse momento, vindo ao mundo com menos problemas de adaptação;
10.. Fica-se muito menos tempo no hospital, acarretando menos custos financeiros e emocionais;
11.. Acarreta menos riscos físicos e emocionais para mãe e bebê;
12.. A dor das contrações é muito menor do que as dores contínuas por pelo menos 2 ou 3 meses de um pós parto cirúrgico;
13.. É mais ecológico, pois dispensa todo o aparato moderno descartável que emporcalha o planeta;
14.. Menor índice de depressão pós-parto;
15.. Conexão espiritual com todas as nossas ancestrais;
16.. Oportunidade de um orgasmo indescritível e transcendental;
17.. Poder olhar seu filho olho-no-olho nos primeiros minutos de existência dele e perceber uma luminosidade ao seu redor;
18.. Poder cantar as glórias de ser uma mulher que confia em seu corpo e na fisiologia do parto;
19.. Ser um exemplo positivo pra mudar o paradigma tecnocrático vigente;
20.. Sentir-se ativa no processo;Para quem tem seu filho em casa existem mais vantagens ainda!!
21.. Não ver seu bebê nas mãos de um monte de gente antes de chegar no seu colo; 22.. Saber que ele nunca vai ser 'roubado';
23.. Seu bebê nunca vai ser alimentado com fórmula (mamadeira);
24.. Risco de infecção hospitalar 0%;
25.. Não ser confinada em uma cama e poder ir onde desejar;
26.. Poder comer e beber à vontade ao seu gosto tudo o q quiser;
27.. Poder ficar sozinha e no seu canto até quando desejar ter companhia e ajuda; 28.. Poder ficar na posição que desejar: em pé, deitada, andando, de cócoras, de quatro, pendurada na rede ou no abajur!;
29.. Estar na sua cama confortável com seu parceiro e providenciar algumas carícias pra acelerar o parto;
30.. Não ser monitorada por máquinas;
31.. Não ter o cordão umbilical cortado antes do tempo;
32.. Poder promover o silêncio e o escurinho necessário ao momento mágico;
33.. Não ser coagida à uma cesárea!;
34.. Nunca ter sua veia perfurada pra 'soro' ou outras drogas sem sua permissão; 35.. E, é claro, não ter os efeitos colaterais dos mesmos no seu corpo ou do seu bebê;
36.. Em caso de VBAC, você vai ter certeza que VAI SER UM VBAC mesmo!!
37.. Não precisar sair do seu 'porto seguro' para ir à uma instituição hospitalar, principalmente de madrugada!;
38.. Poder ir ao banheiro sem pedir permissão;
39.. Poder usar suas próprias roupas ou nenhuma!;
40.. Ter somente quem você deseja por perto;
41.. Fazer o que desejar com sua placenta: comer, usar como adubo para árvores, etc...
42.. Não ter avaliação de colo uterino depois do parto;
43.. Não ter ninguém te falando para tomar vitaminas, por está com cara de atropelada (depois de ficar a noite inteira em TP, alguém fica pronta pra uma festa?)
44.. "Vacinação/Imunização" natural no momento da passagem do bebê pelo canal vaginal. Explico: o bebê vive por nove meses em um ambiente estéril e, ao nascer de parto normal, recebe anticorpos da mãe. Assim ele já chega ao mundo imunizado. Já com a cesariana o bebê passa de um ambiente estéril para as mãos dos médicos etc., sem essa proteção natural da mãe...
45.. A compressão do canal vaginal espreme o bebê, mal comparando, como uma bucha, sai líquido pelos ouvidos, narinas. Ele já nasce sequinho, pronto para respirar. 46.. Psicólogos afirmam que o "trabalho" de parto é um processo de esforço importante para o bebê, um despertar de traços como perseverança, garra, vontade. O bebê não é passivo no parto normal, é ativo.
47.. O processo do parto desperta uma cadeia de reações hormonais (é o bebê que manda mensagens para o cérebro da mãe, e este desencadeia as reações hormonais do trabalho de parto) responsáveis pela descida do leite, pela diminuição do tamanho do útero para que volte ao normal e outros tantos efeitos. É um processo perfeito. 48.. A capacidade de entrar em contato com nossos medos e dores é trabalhada. Vivemos num tempo em que isso é visto como indesejável e há toda sorte de artifícios para se evitar o medo e a dor. Só que essa fuga trouxe para as pessoas apenas inabilidade, porque os sentimentos dolorosos não deixaram de existir na vida de ninguém.
49.. A maturação final do pulmão do bebê acontece durante o processo de trabalho de parto.
50.. Num parto normal você se conecta com as energias da natureza. Sabe o que isso significa? Não? Talvez tenhas que passar por esta experiência.